Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Porquê a ilha de São Miguel? - parte 2

por Nuno França, em 18.03.18

Vejam as fotos, apreciem e depois respondam à pergunta! 

(parte 1 aqui)

 

Fiquem atentos, próximo post amanhã com mais fotografias!

Ilha de são Miguel, Arquipélago dos Açores, no meio do Oceano Atlântico!

 

Sigam-me nas redes sociais para mais fotografias:

Instagram

Facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29

Foto do dia

por Nuno França, em 14.03.18

No ano passado tive a oportunidade de visitar várias zonas de Portugal e a expectativa era grande para conhecer a Nazaré, principalmente aquilo que transformou por completo este nome à escala mundial: as ondas gigantes...

Pois bem, estivemos lá em Abril e não sabia o que esperar (não fomos propositadamente pelas ondas), se iria ver ondas ou não... e encontramos a praia desta forma, completamente "flat" (sem ondas).

 

Muitas mais fotografias na minha página do facebook. Visitem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

Foto do dia

por Nuno França, em 11.03.18

Eléctrico 28 – Prazeres

 

Bom resto de Domingo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:19

Foto(s) do dia

por Nuno França, em 07.01.18

Uma fotografia tirada do avião, no ano passado, quando viajava para Veneza. Não sei de que montanhas se tratam. Mas gostei da foto.

Se souberem onde fica, digam! 

 

Bom 2018 a todos!

IMG_5519_net_blog.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

Viagem pela ilha do Faial (Açores)

por Nuno França, em 01.11.17

Olá a todos! Tal como vos tinha falado, da nossa Viagem pela ilha do Pico, optamos por uma breve passagem pela vizinha ilha do Faial.

De manhã, apanhamos o ferry-boat que transporta algumas pessoas que fazem todos os dias o trajecto Pico-Faial-Pico (e Faial-Pico-Faial) para trabalhar na ilha vizinha, até porque a viagem demora pouco mais de 30 minutos.

Ferry-Boat

Da praxe, implicava passar pelo Peter Café Sport, junto à Marina da Horta e cuja paragem é obrigatória.

Peter (1).jpg

 

 

IMG_0757.jpg

IMG_0759.jpg

IMG_0764.jpg

Monte da Guia, na Horta, com a praia de Porto Pim também visível na baía.

IMG_0777_redimensionada.jpg

2 (17).jpg

 

IMG_0776_redimensionada.jpg

Ilha do Pico e o respectivo ferry-boat a caminho da Horta (Faial). Parte da ilha de São Jorge também visível na imagem.

IMG_0781.jpg

IMG_0764.jpg

IMG_0784.jpg

 

Miradouro na Espalamaca, com as ilhas do Pico (no primeiro plano) e São Jorge mais ao longe. 

2 (3).jpg

Monte do Carneiro, miradouro com vista sobre a Horta e a ilha do Pico ao fundo. Também é visível parte da ilha de São Jorge.

2 (6).jpg

Praia de Porto Pim, Horta.

Praia de Porto Pim (Horta)

Monte da Guia e Marina da Horta (fotografia abaixo). 

Horta

Monte da Guia e Praia de Porto Pim (fotografia abaixo).

Monte da Guia - Horta

 Abaixo as fotografias do Vulcão dos Capelinhos, que 

2 (7).jpg

2 (15).jpg

GOPR7941.jpg

IMG_0789.jpg

IMG_0794_redimensionada.jpg

IMG_0797_redimensionada.jpg

IMG_0798_redimensionada.jpg

IMG_0799_redimensionada.jpg

 

No que toca a mais detalhes da ilha do Faial, podem ver o post sobre onde e o que se comeu na ilha, À mesa, nas ilhas do Pico e Faial!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

Viagem pela ilha do Pico (Açores)

por Nuno França, em 27.09.17

A ilha do Pico, localizada no arquipélago dos Açores, grupo Central, é a segunda maior ilha do arquipélago (a seguir a São Miguel). E é reconhecida por dois pontos:

- Ilha das vinhas, com muita produção de vinho de qualidade e que é exportado para todo o Mundo;

- Montanha do Pico, que é o ponto mais alto de Portugal, com 2351 metros de altitude.

 

Aproximação à ilha do Pico (São Jorge vista do avião)

 

Decidimos ir de férias com estadia na ilha durante uma semana.

Chegados ao Pico, ficamos hospedados na Pousada de Juventude da ilha, em São Roque do Pico, porque tínhamos boas referências da mesma e então, a decisão foi fácil. Infelizmente, deixou muito a desejar, a começar pelo essencial, as camas/colchões, de má qualidade.

No dia da chegada (chegamos quase ao final da tarde), exploramos São Roque do Pico a pé, vila esta que é chamada de Capital do Turismo Rural, que fica voltada para norte e, se o tempo estiver bom, vemos a proximidade entre a ilha do Pico e a de São Jorge (15 km de distância). Há poucas horas na ilha, restava-nos escolher um local para jantarmos descansados e, se possível, com qualidade e vista para o mar. Ora, a vila como fica voltada para o mar e tudo se centra neste ponto, foi (quase) fácil encontrar sítio para comer. Chegamos à zona do Cais de São Roque, encontramos um restaurante e decidimos ficar por lá (próximo post será sobre as experiências gastronómicas, fiquem atentos!!).

 

Monumento alusivo à caça da baleia - São Roque do Pico

  

Optamos por alugar um carro durante 4 dias da nossa estadia e, no primeiro dia, como o tempo estava "ranhoso" (chuvinha miúda), decidimos dar a volta à ilha como que a fazer "reconhecimento", sempre pela estrada regional, parando em alguns miradouros, mas sem muito para ver, pois o tempo estava como estava.

S. Roque - Lajes Pico.png

 

Lajes do Pico - Madalena.png

 

Madalena - S. Roque.png

 

E as primeiras fotografias começaram a aparecer. As primeiras duas, no Miradouro existente no Parque Florestal da Praínha, com um fenómeno a que chamaram de Mistério da Praínha, devido a esta fajã lávica que se formou durante a erupão histórica de 1562/64.

GOPR7898.jpg

7.jpg

 

No mesmo parque, encontramos também esta casa, com uma atafona (moínho movido por força animal).

Casa com atafona

Casa típica com atafona

 
Resumidamente, no primeiro dia ficamos desiludidos por culpa das condições meteorológicas, pois havia chuva em algumas zonas por onde passamos no nosso "reconhecimento". Felizmente, melhorou e tivemos dias de sol para aproveitarmos as magníficas paisagens e para termos a sensação de proximidade entre as ilhas.

No segundo dia com carro, demos um "pulinho" à ilha do Faial (mas irei falar noutro post).

No terceiro dia de carro, aproveitamos o bom tempo para explorar a ilha e os locais mais altos com objectivo de observar as paisagens.

 

Na fotografia abaixo, vemos a ilha de São Jorge de ponta à outra.

2 (2).jpg

 

Abaixo, a Lagoa do Peixinho, com parte da ilha de São Jorge ao fundo (e lá na extremidade do lado direito de São Jorge, vemos um bocadinho da ilha Terceira!!).

3 (4).jpg

 

Aqui, estávamos a caminho da Casa da Montanha (local onde fazemos as inscrições para a subida à Montanha do Pico). Ao fundo, a ilha do Faial, com os ilhéus de nome "Ilhéu em pé e ilhéu deitado".

3 (14).jpg

 

Já lá em cima na Casa da Montanha, um grupo de aventureiros acabava a sua descida. Como podem ver, não é fácil ter-se a sorte de se ver a montanha totalmente descoberta... aqui, mais uma prova disso...

3 (17).jpg

 

Ilha de São Jorge ao fundo, vista de outra zona da ilha.

GOPR7943.jpg

GOPR7948.jpg

GOPR7950.jpg

 

A montanha, finalmente descoberta, no penúltimo dia que tínhamos carro.

GOPR7951.jpg

 

A zona de banhos do Pocinho, com vista privilegiada para a ilha do Faial.

IMG_0737.jpg

 

1 (5).jpg

 

 

IMG_0740_redimensao.jpg

IMG_0941_redimensao.jpg

 

Abaixo, o Cella Bar, que fica localizado na Madalena do Pico, bar este que foi o vencedor do Building of the Year 2016. Também jantamos lá, pelo que depois irão poder ver o post sobre a gastronomia.

IMG_0946.jpg

4 (8).jpg

IMG_0943.jpg

 

IMG_0939_redimensao.jpg

IMG_0878_redimensao.jpgIMG_0892_redimensao.jpg

IMG_0896_redimensao.jpg

 

 

IMG_0891.jpg

IMG_0915.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:48


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.