Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Talibes, Modern-day Slaves" - Mário Cruz

por Nuno França, em 12.03.18

Há umas semanas tive o prazer de conhecer pessoalmente o fotógrafo português Mário Cruz, através da apresentação do seu trabalho "Talibés", feito no Senegal. Um trabalho duro, sobre uma situação que milhares de crianças passam, de pura escravatura, maus tratos e tudo mais o que se possa imaginar. Um testemunho que o próprio descreveu e que me arrepiou imenso e, inclusive, me fez verter umas lágrimas pela dureza da história e das imagens.

Em exposição no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na cidade da Ribeira Grande, ilha de São Miguel, Açores.

Como o próprio fotógrafo pediu a todos os presentes: "podem fotografar todas as fotografias da exposição e partilhá-las à vontade, pois o que é preciso é divulgar ao maior número de pessoas este problema",

Assim, apresento algumas das fotografias da exposição.

Mário Cruz foi vencedor do Prémio World Press Photo 2016.


Partilhem!! Quantas mais pessoas partilharem, mais fácil será combater este problema!

 

«Talibes, Modern-day Slaves Contemporary Issues, first prize stories Koranic boarding schools in Senegal, known as daaras, traditionally give children between the ages of five and fifteen a religious education and teach them Arabic. But the schools are highly unregulated, and conditions in many are poor, with near-starving children living in overcrowded, unsanitary circumstances. The pupils, or talibés, are beaten and sometimes kept in chains for hours on end. Some are the victims of child-trafficking. Talibés are frequently made to beg on the streets for up to eight or nine hours a day, giving all they collect to their marabout (teacher).» 

 

Se ainda não visitaram a minha página no facebook, ainda vão a tempo. 

Boa semana a todos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.